Já é aluno?

Insira seu CPF para consultar a carga horária de atividades
complementares a cumprir e buscar os cursos mais adequados.

EAS - Exame de Urina

Informações:

Sobre este curso


 


 


Introdução à urinálise;

Introdução ao sistema urinário;

Fisiologia do sistema urinário;

Balanço da ingestão e da perda de líquidos;

Compartimento de líquidos corporais;

Translocação de moléculas pelo organismo;

Distribuição de substâncias pelos diferentes compartimentos orgânicos;

Formação da urina;

Excreção das substâncias pelos rins;

Fisiologia da micção;

Incontinência urinária;

Fisiologia da excreção em idosos;

Alterações urinárias em gestantes;

Aplicação prática;

Relação entre hipertensão arterial e urinálise;

Relação entre diabetes melito e urinálise;

Urinálise;

Princípios gerais;

Roteiro geral para exame de urina i;

Coleta de amostras;

Manejo do paciente durante a coleta;

Análise física da amostra;

Volume;

Cor;

Cheiro;

Depósitos visíveis a olho nu;

Aspecto;

Densidade;

pH;

Análise química da amostra;

Proteína;

Triagem para detecção de proteínas na urina;

Técnica para quantificação de proteína na urina;

Glicose;

Metabolismo dos carboidratos;

Dosagem de glicose na urina;

Corpos cetônicos (acetona);

Formação de corpos cetônicos;

Técnica para detecção de corpos cetônicos na urina;

Preparação do Reativo de Imbert;

Bilirrubina;

Formação da bilirrubina;

Hemólise e liberação de bilirrubina;

Técnica para detecção de bilirrubina na urina;

Preparação do Reativo de Fouchet;

Urobilinogênio;

Metodologia para quantificação do urobilinogênio;

Análise do sedimento da amostra;

Preparo do sedimento;

Sedimentos encontrados em câmara de Neubauer;

Interpretação laboratorial;

Como interpretar o exame de urina;

Interpretação dos dados físicos da amostra;

pH;

Densidade;

Cor;

Volume;

Cheiro;

Depósitos visíveis a olho nu;

Aspecto;

Interpretação dos dados químicos da amostra;

Proteína;

Glicose;

Corpos cetônicos (acetona) ;

Bilirrubina;

Urobilinogênio;

Interpretação dos sedimentos da amostra;

Hemácias;

Leucócitos;

Relação entre bactérias e nitritos;

Cristais;

Células epiteliais e cilindros;

Bactérias;

Achados laboratoriais;

Infecções;

Pielonefrite e glomerulonefrite;

Cistite;

Patogenia das infecções urinárias;

Alterações da micção em idosos;

Patógenos comuns em infecções urinárias;

Atenção ao paciente;

Assistência ao paciente durante a coleta de urina;

História e conceitos da assistência e atenção farmacêuticas;

Etapas da atenção farmacêutica;

Enfoque na atenção farmacêutica;

Anamnese;

Questionário utilizado na anamnese;

Exame físico durante a anamnese;

Processo de anamnese farmacêutica;

Análise dos achados obtidos;

A humanização como forma de abordar o paciente;

Diretrizes específicas nos níveis de atenção básica e hospitalar;

Assistência ao paciente após o diagnóstico laboratorial;

Seleção de pacientes;

Acompanhamento farmacoterapêutico;

Âmbito de atuação no acompanhamento farmacoterapêutico;

Organização no acompanhamento farmacoterapêutico.

Conteúdo do curso

ACO

Metodologia

Avaliações sobre o curso: